01 março 2019

Quando Jesus vier...

Atente que é uma alegoria. “Quando Jesus vier vamos ter que leva-lo ao Rio Jordão para lava-lo, limpa-lo. E nós vamos tirar dele toda a sujeira e impureza que a Igreja Cristã colocou sobre Ele durante estes dois mil anos. E nós vamos trocar a frauda dele, porque lhe colocoram uma frauda. Porque o “Jesus” da cruz tem uma frauda. E vamos vesti-lo com roupas sacerdotais para que Ele seja o Sumo Sacerdote de todos os crentes no mundo inteiro.” -- Joseph Shulam #JSalum

19 fevereiro 2019

Um banquete para os pecadores

Um banquete para os pecadores
Por Brennan Manning




- Todo dia meu coração arde de emoção e surpresa com a mensagem do Evangelho. Se eu pudesse chegar perto de seus ouvidos, eu diria que o nosso Jesus é gracioso e amoroso, e eu argumentaria com um fervoroso apelo para que você implore a Ele que compreenda Sua Graça e Amor. Eu realmente não entendo como alguém que conhece Jesus não vive entusiasticamente por Ele. Eu não tenho outra opção. Todos os dias, à medida que envelheço, eu O Amo mais e mais. Sua Graça supera de longe tudo o que eu poderia desejar nesta vida. Eu estou gritando: Jesus, Jesus, deixa-me envelhecer contigo e nunca te deixar. Ele diz: É impossível, meu filho, que você me deixe, porque eu nunca vou deixá-lo. - Josimar Salum #ASONE

“Quando Jesus foi de lá, ele viu um homem chamado Mateus sentado no estande do cobrador de impostos. "Siga-me", disse ele, e Mateus se levantou e o seguiu.

Enquanto Jesus estava jantando na casa de Mateus, muitos coletores de impostos e pecadores vieram e comeram com ele e seus discípulos.

Quando os fariseus viram isso, perguntaram a seus discípulos: “Por que o seu mestre come com coletores de impostos e pecadores?” Mateus 9: 9-11

Jesus proclama que convidou os pecadores e não os justos à sua mesa. O verbo grego usado aqui, kalein, tem o sentido de convidar um convidado de honra para jantar. Com efeito, Jesus diz que o Reino de Seu Pai não é uma subdivisão para os justos, nem para aqueles que sentem que possuem o segredo de salvação.

O Reino não é um subúrbio exclusivo e bem cuidado, com regras esnobes sobre quem pode morar lá. Não, é mais acolhedor, mais despreocupado e menos consciente de pessoas que entendem que são pecadoras porque experimentaram as durezas da luta moral.

Estes são os convidados pecadores, convidados por Jesus para a proximidade com Ele ao redor da mesa do banquete. Continua sendo uma história surpreendente para aqueles que nunca entendem que homens e mulheres que são verdadeiramente cheios de luz são aqueles que olharam profundamente para a escuridão de sua existência imperfeita.

Talvez tenha sido depois de meditar sobre essa passagem que Morton Kelsey escreveu: “A igreja não é um museu para santos, mas um hospital para pecadores”.

A Boa Nova significa que podemos parar de mentir para nós mesmos. O doce som da Graça surpreendente nos salva da necessidade do auto-engano. Isso nos impede de negar que, apesar de Cristo ter sido vitorioso, a batalha contra a luxúria, a ganância e o orgulho ainda peleja dentro de nós.

Como um pecador que foi resgatado, posso reconhecer que sou frequentemente desamoroso, irritável, zangado e ressentido com as pessoas mais próximas de mim.

Quando vou à igreja posso deixar meu chapéu branco em casa e admitir que falhei. Deus não só me ama como eu sou, mas também me conhece como eu sou. Por causa disso eu não preciso aplicar cosméticos espirituais para me tornar apresentável a Ele. Eu posso aceitar a realidade da minha pobreza e impotência e carência.

Qual grupo na passagem de Mateus 9 - os discípulos, os fariseus, ou os cobradores de impostos e pecadores - você mais se identifica e por quê?

Tradução Filipe S.S. Gouvêa

02 janeiro 2019

Avivamento Tsunami Missionário


 *Atenção Igreja Brasileira!*
A partir de 2019 a igreja do Brasil será atingida por um tsunami missionário. Algo jamais visto na história do país. O Espírito de Deus vai soprar uma onda gigante no meio da igreja, que será despertada para a evangelização local e transcultural. Este tsunami missionário vai impactar às nações, pois milhares de pessoas serão chamadas para a grande comissão e muitos terão as suas vidas mudadas radicalmente! Se prepare para este avivamento missionário que vai alcançar o Brasil em 2019. Ouça o que o Espírito Santo diz à igreja: e eles cantavam um cântico novo: *Tu és digno de receber o livro e de abrir os seus selos, pois foste morto, e com teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação*. (Apocalipse 5:9). O gigante que estava adormecido vai se despertar! - Wal Cordeiro

#JSalum #AvivamentoMissionario   

11 julho 2018

Dispensacionalismo: uma heresia aceita como doutrina cristã. Professor Josimar Salum

Dispensacionalismo: uma heresia aceita como doutrina cristã.
Josimar Salum *


Uma mentira que é repetida inúmeras vezes por diversas pessoas não se torna verdade por repetição.

Nos anos 1500, o padre jesuíta Francisco Ribera escreveu um comentário sobre o livro do Apocalipse que explicava a profecia através de uma interpretação futurista. O objetivo do livro de Ribera era convencer os protestantes de que o sistema papal não era o Anticristo.

Esta interpretação futurista alcançou um cristão europeu. John Nelson Darby (1800-1882), evangelista anglo-irlandês, Ele é considerado o pai do Dispensacionalismo moderno ou Futurismo. Ele é o inventor do arrebatamento secreto. 

“Charles Henry Mackintosh (1820-1896) difundiu os ensinamentos de Darby com seu estilo popular entre as classes mais humildes da sociedade, e poderia ser considerado o repórter do movimento dos Irmãos de Plymouth. Foi considerado responsável por tornar Darby mais conhecido do que qualquer um dos irmãos, embora não fizesse o mesmo com suas idéias ultradispensacionistas. No início do século XX, através da mediação de Margaret E. Barber, os ensinamentos dos Irmãos serviram de influência para o hinário The Little Flock, que Watchman Nee e Witness Lee fizeram.”

Darby influenciou grandemente também um ministro presbiteriano chamado Dr. James H. Brookes, que desenvolveu a Conferência Bíblica Niágara que se reuniu em todos os verões de 1875 a 1897. Os estudos bíblicos ali realizados foram devorados por muitos jovens estudantes ansiosos - um dos quais era Cyrus Ingerson Scofield. Até hoje, Scofield é famoso por sua Scofield Reference Bible, que tem notas de rodapé dispensacionalistas. Assim, as doutrinas de Darby jamais sustentadas anteriormente foram popularizadas nos Estados Unidos por Cyrus Scofield em sua “Bíblia Anotada de Scofield”. Praticamente todos os ensinamentos de Escatologia entre os brasileiros vêm de origem darbista difundidas por Scofield.

O dispensacionalismo é um sistema “teológico cristão” que afirma que Deus empregou diferentes meios de administrar seus planos em diferentes períodos da história humana, onde demonstrou sua graça. 

O que distingue o dispensacionalismo é que ele afirma que Israel como nação e a Igreja como o corpo de Cristo não formam um único povo de Deus, mas dois povos com diferentes profecias, promessas e destinos.

De acordo com este sistema existem sete dispensações:

Inocência: No Éden, Adão e Eva tinham que obedecer ao mandamento divino de não comer da árvore proibida, garantindo assim que eles eram inocentes do pecado. Ambos falharam.

Consciência: Da queda a Noé, o ser humano foi capaz de controlar livremente suas decisões com base no que sua consciência lhe dizia. Eles falharam nisso, pois o desígnio de seu coração era continuamente apenas maligno, em vez de buscar a Deus.

Governo Humano: De Noé a Abraão, uma vez que a consciência pessoal não era um guia adequado para os seres humanos, os governos foram incumbidos de administrar a justiça e a moral.

Promessa: Quando os governos falharam em sua missão, Deus escolheu Abraão para ser o pai da fé e prometeu que nele todas as nações da terra seriam abençoadas.

Lei: De Moisés a Jesus, o ser humano só poderia se aproximar de Deus através do cumprimento da Lei Mosaica. Isso, dada a sua condição perfeita, era impossível de cumprir; Nele é revelado o pecado e a maldição dele.

Graça: Somente reconhecendo a nossa incapacidade de conseguir algo bom (consciência do pecado) podemos reconhecer que Jesus é o único mediador entre Deus e os seres humanos "porque não há outro nome debaixo do céu pelo qual devamos ser salvos".

Reino Milenar: No final dos tempos haverá um período de 1000 anos em que Jesus reinará na terra. Será uma época de esplendor sem precedentes. No final deste tempo, Satanás será libertado com o objetivo de provar pela última vez a fé do ser humano. Depois desse período, o tempo terminará e uma nova terra e um novo céu surgirão, pois tudo o que for conhecido será destruído.

Dispensacionalismo é uma estrutura “teológica” ou uma caixa, uma base pela qual todas as Escrituras são interpretadas. Sem analisar agora sua veracidade, cumpre dizer apenas que as Escrituras devem ser interpretadas dentro desta estrutura, se sucumbida, cai junto com todas as interpretações a ela relacionadas. 

Não é Jesus nem por Jesus que os textos bíblicos são interpretados, mas por um método alheio, externo. Não é a exegese (extrair do texto o seu significado) que impera, mas a eisegese (fazer que o texto diga exatamente o que se quer que diga). 

A partir do momento que você parte para as Escrituras com uma fórmula pré-concebida não são mais os textos que dizem o que querem, mas se tornam a serviço para significar o que se deseja que digam.

“Os dispensacionalistas interpretam a Bíblia literalmente, no sistema conhecido como "interpretação literal da Bíblia", que inclui a gramática, a literalidade e a historicidade da passagem a ser estudada. Segundo os dispensacionalistas na Bíblia a palavra "dispensação" do latim "vai dispensar" (distribuído), traduz duas palavras gregas: "diakonia" ou serviço (2 Coríntios 3: 7-9) e "oikonomia" taxa de administração comissão (1 Coríntios 9:17; Efésios 1:10; 3: 9; Col. 1:25). Significa um "período" ou economia (como o termo grego indica), que se refere à maneira pela qual Deus interage com o ser humano por um certo tempo.”

Entre os postulados dispensacionalistas estão:

1)Pré-milenismo e pré-tribulacionismo

2)A diferença entre Israel e a Igreja

3)O reino literal e futuro de Cristo no milênio

4)A Doutrina da Separação (santificação cristã).

5)A diferença entre lei e graça.

6)A escatologia dispensacionalista afirma que o apocalipse é futuro e profético a partir do capítulo 4.

Nem os apóstolos e nenhum dos homens de Deus na história jamais ensinaram tais coisas. Não há nenhum registro destes ensinos nem nas Escrituras nem nos escritos destes homens de Deus. Darby é o percursor destes ensinamentos e seus discípulos o difundiram em seus escritos.

A Verdade é Jesus. Se você quer ler, estudar, analisar, interpretar e conhecer a Verdade na Bíblia, você precisa de Jesus.

“Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da Majestade, nas alturas;” Hebreus‬ ‭1:1-3‬

Qualquer passagem das Escrituras somente pode ser compreendida a partir de Jesus. A Bíblia é a Revelação de Jesus. Jesus é a expressa imagem da Pessoa de Deus. O que Deus pensa, o que Ele diz, como Ele age, como opera, o que faz e como faz é revelado na Pessoa de Jesus. Assim sendo, nenhum ensinamento que não passar integralmente e não encontrar expressão em Jesus é apócrifo, resultado de interpretação falsa, prática alheia e não reflete a Verdade que é Jesus revelada nas Escrituras.

Assim é o sistema dispensacionalista, popularizado entre milhões de pastores que nunca souberam de onde vem, como foi difundido e como foi exposto e que nunca checaram por si sós estes ensinamentos nas Escrituras. Quem geralmente me diz que é estudante profundo de Escatologia de fato estudou mesmo foi dezenas de livros e não as Escrituras.

O Dispensacionalismo além de ser a expressão de um “deus” que muda de acordo com as estações, que não tem nenhum compromisso em atuar no presente e que brinca com os homens durante a história é um “Deus” aterrorizador que não deu conta de realizar a obra de redenção dos homens através de Jesus na cruz do 
calvário.

*Algumas partes deste texto foram extraídas de terceiros e averiguadas de diversas fontes, incluindo autores e “teólogos” dispensacionalistas.

15 outubro 2017

UMA PROFECIA PARA BURUNDI JOSIMAR SALUM

UMA PROFECIA PARA BURUNDI
JOSIMAR SALUM 
Conheci um homem de Deus desde que ele era muito pequeno no Brasil. Como ele era jovem, eu fui seu pai espiritual. Ele veio morar América com sua esposa, Ana nos Estados Unidos.

Seu nome é Davidson, o filho de Davi e sua esposa, Hannah, era como a mulher da Bíblia que não podia ter filhos, mas depois de tanto tempo orando, ela deu à luz a um filho chamado Samuel. Depois de muitos anos eles voltaram a viver no Brasil, de onde vieram.

Davidson e Hannah têm um filho chamado Samuel. Eles também têm uma filha chamada Sarah, a princesa. Sarah na Bíblia é a mãe das multidões com o marido Abraão.

Samuel significa que Deus ouve.

Deivison está visitando nossa casa nos EUA e esta manhã ele me enviou esta mensagem com uma palavra que ele teve sobre Burúndi enquanto ainda estou aqui. (15 de outubro de 2017). 



Ele disse: Josimar, meu pai, ouvi você dizer “profetiza e eu profetizei ao mesmo tempo”:

O machado que cortou a árvore foi quebrado. E o tempo passou.
O machado cortou a árvore por causa da sua altura.
A árvore então estava coberta de vergonha e desprezo.
Ninguém mais a viu tão alta e frondosa entre as outras. Seu lugar estava no chão mais baixo da Terra, o terreno úmido e frio cobria aquela árvore com lama e decadência, membros desmembrados e podridão.
Com a idade de sete anos, a árvore cortada apodreceu para o centro, a parte mais difícil. Mas com isso o passado também apodreceu.
Mas a partir de agora sua raiz brotou,
um botão macio e começou a crescer.
Muitos outros rebentos de novas árvores começaram a crescer no solo fertilizado pela podridão.
Eles cresceram alimentando seus nutrientes de sua vergonha. Eles cresceram nutridos nos nutrientes de sua dor e desprezo.
Agora uma nova floresta se forma. Ao limpar a queda eles recebem luz solar e crescem. Os outros grandes olham e observam a partir da distância o crescimento repentino, juvenil e exuberante.
Aqueles que voam de longe vão se alimentar de você, farão sua morada em seus galhos e descansarão lá.
O navio de guerra agora traz comida e flores e é saudado com alegria. 
Burúndi, seu tempo de brotação e crescimento chegou,
Assim diz o Senhor!


Ao mesmo tempo que lia esta palavra, Jeremie Ntirandekura, um de nossos filhos neste país escreveu! Vale lembrar que estamos entrando no sétimo ano que começamos a trabalhar aqui com Dr. Paul Taylor:

“Aleluia! Estou vendo o sol da paz e da justiça. Onde as pessoas não conseguiram colher, eles vão colher milhões e milhões de alimentos. Essa transformação não afeta somente as pessoas. Também está afetando o solo desta nação. Onde as crianças passavam toda a noite a chorar por causa da fome, elas vão passar dias e noites cantando por alegria. Eu vejo muitos burundenses em pé e sentados juntos conversando com uma língua de reconciliação. Eu não preciso da esperança mais porque eu já entendi. As gerações de discriminação desapareceram e uma nova geração de reconciliação já apareceu.
Shalom Shalom para o novo Burundi que é desenvolvido. Deus já removeu a maldição do Burundi. Burundi ainda não é mais uma nação de três etnias, mas é uma nova nação transformada em uma família. Eu não esperava isso a muitos anos atrás. Vejo as pessoas do exterior chegarem no Burundi para retirar os frutos das árvores que plantaram. E, alguns dos frutos foram levados ao exterior para alegria das nações. Burundi torna-se agora um lar de Deus onde as pessoas glorificam Aquele que as criou. Eu vejo Burundi envelopado por pessoas transformadas.”4




22 setembro 2017

Alerta: Mais uma previsão falsa sobre o fim do mundo! Josimar Salum


Alerta: Mais uma previsão falsa sobre o fim do mundo! Josimar Salum


"Apocalipse 12 acontecerá no dia 23 de Setembro de 2017". E falam sobre os sinais e descrevem com detalhes interpretações dos tempos. José e Maria, os furacões. As movimentações de planetas que se ordenam no universo para cumprirem o que o texto de Apocalipse 12 descreve. É mesmo? Sim, os falsos pastores e falsos profetas de araque. Leia até ao fim, por favor!


Não sabem que os sinais são abundantes desde aquele dia que o Espírito Santo foi derramado? O que aconteceu naquele dia Pedro explicou muito bem que referia-se aos últimos dias profetizados por Joel. 


“Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos jovens terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos; e também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e minhas servas, naqueles dias, e profetizarão; e farei aparecer prodígios em cima no céu e sinais em baixo na terra: sangue, fogo e vapor de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes de chegar o grande e glorioso Dia do Senhor; e acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” Atos 2:16-21 


Já fazem quase 2000 anos que os últimos dias estão em andamento. Se os últimos dias fossem somente os atuais significa então que seria salvo somente aquele que invocar o nome do Senhor nos últimos dias? 


“E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas essas coisas são o princípio das dores.” Mateus 24:4-8 


Nação contra nação... fomes, e pestes, e terremotos... acontecem desde o primeiro século! Tem aumentado, sim, mas continuam a acontecer há mais de 20 séculos. 


Seriam os sinais de Apocalipse 12 relacionados a acontecimentos no futuro?


“E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora chegada está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derribado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram a sua vida até à morte. Pelo que alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar! Porque o diabo desceu a vós e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.” Apocalipse 12:9-12 


Atente para isto: "Agora chegada está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derribado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite."


Agora, quando? Quando chegou a salvação? Quando? Quando Jesus Cristo morreu e ressuscitou! Na cruz tudo foi consumado. Na morte de Jesus Satanás foi completamente derrotado. O que tem acontecido desde então é que os discípulos os tem vencido pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não tem amado as suas vidas até à morte em cada geração. 


Não são precisos sinais para que crentes lembrem-se das Escrituras. Somente uma geração incrédula pede sinais. “Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal do profeta Jonas. E, deixando-os, retirou-se.” Mateus 16:4 


Uma coisa eu sei, 98% do que li e assisti sobre o dia 23/9 é uma palhaçada e mentirada que somente ilude e engana exatamente aquele que não conhece as Escrituras! Até quando, meu Deus, teremos que suportar esta geração de "profetadas"? 


Povo tolinho, escrevo com amor, não lestes o que Jesus disse? "Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.” Atos 1:7 


Ao invés de preocuparmos e ocuparmos com fim do mundo, com sinais dos tempos e predições deveríamos trabalhar e cumprir nossa missão.


“Mas recebereis o poder do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra.” Atos 1:8 


Quer mesmo conhecer o sinal do fim do mundo que na verdade não é fim como você e eu pensávamos? Isto é tema para outro artigo. Quer mesmo?


“Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." Fim de que? Fim do mundo? Algum discípulo que ouviu de primeira mão estas palavras tem vivido 2000 anos para chegar até este fim? Que fim?


"E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim.” Mateus 24:13-14


Este é o sinal! Pregar o Evangelho do Reino. Pregue então a todas as gentes! Três bilhões que vivem hoje nunca ouviram o nome de Jesus! E a grande maioria dos outros 4 bilhões ouviram somente o evangelho religioso e não o Evangelho do Reino!

20 setembro 2017

Ganhar almas, o que? Então qual é o nosso trabalho principal para Jesus enquanto esperamos Sua vinda?

Ganhar almas, o que? Então qual é o nosso trabalho principal para Jesus enquanto esperamos Sua vinda? Josimar Salum
  
A expressão "ganhar almas" não reflete o que Jesus nos disse para fazer antes que Ele "fisicamente" deixou essa terra.

Ele ordenou aos discípulos que fizessem o que fizera, o que seria: fazer discípulos de todas as nações. Sua declaração não deve ser confundida com a ideia de discipular apenas indivíduos, mas sim, discipular as nações; todas as nações.
A expressão "ganhar almas" aparece apenas uma vez na Bíblia em Provérbios 11:30 - "O fruto do justo é uma árvore da vida, e aquele que ganha almas é sábio".

Vale a pena mencionar que esta passagem não tem nada a ver com evangelismo ou a ideia de fazer discípulos. No hebraico "laqach" - traduzido como vencedor - significa "tomar, aproveitar, aceitar, trazer, comprar, levar, buscar, usar". A palavra "alma", “nephesh” em hebraico, significa "uma alma, ser vivo, vida, ego, pessoa, desejo, paixão, apetite, emoção, essência".

Em outra versão, este versículo poderia ser lido da seguinte forma: "Aquele que busca, captura, apreende sua própria alma, seu desejo, sua paixão, seu apetite e sua emoção é sábio".

Ganhar almas é uma visão míope dos ensinamentos de Jesus.

"Pergunte-me, e eu lhe darei as nações para a sua herança e os fins da terra para sua possessão." Salmos 2: 8

"Ide, pois, e faz discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo", Mateus 28:19

"Quando o Filho do Homem vier em Sua glória, e todos os santos anjos com Ele, então Ele se sentará no trono da Sua glória. TODAS AS NAÇÕES SERÃO REUNIDAS DIANTE DELE, E ELE OS SEPARARÁ UM DO OUTRO, COMO UM PASTOR DIVIDE SUAS OVELHAS DOS CABRITOS. E ele colocará a ovelha na mão direita, mas as cabras à esquerda. Então o rei dirá aos que estão à sua direita: "Venha, abençoado de meu Pai, herde o reino preparado para você desde a fundação do mundo:" Mateus 25: 31-34

Esse entendimento mudará seus pensamentos para uma perspectiva mais ampla e mudará seu paradigma e mentalidade completamente a partir do momento que você começar a olhar para a sua nação como um alvo a ser discipulado; não como um aglomerado de meros indivíduos. Nós sempre pensamos em termos individuais. Sim, Jesus nos chama individualmente e respondemos individualmente a Ele, no entanto, ao seguí-Lo, descobrimos que não estamos sozinhos, somos uma família de discípulos. A mesma verdade se aplica quando as pessoas dizem "eu tenho a mente de Cristo". Não, você individualmente não tem. Nós temos a mente de Cristo. Nós, não “eu". 

Dito assim, considere o seguinte:

1 - O propósito eterno de Deus é fazer-nos espelhar a imagem de Seu filho para que Ele possa ter uma família de filhos como Ele.

O propósito principal de Deus para nossas vidas não está relacionado com o trabalho que fazemos por Ele, não é a quantidade de "serviços de adoração" que atendemos - tais coisas nem sequer são mencionadas nas Escrituras - e não é o que queremos, mas o trabalho que Ele está realizando em nós. Este é o propósito eterno de Deus: "Por quem conheceu antes, Ele também predestinou a ser conformado com a imagem de Seu Filho, para que ele seja o primogênito entre muitos irmãos". Romanos 8:29

2 - A "Igreja" de acordo com Jesus e Suas Escrituras é construída sobre relacionamentos, comunhão, koinonia (comer pão juntos) e todos os encontros (mesmo supostamente seculares) envolvendo seus discípulos em qualquer lugar e em todos os lugares.

Jesus nunca teve uma "reunião da igreja" com os Seus discípulos. Ele passou muito tempo construindo e promovendo relacionamentos. A igreja de hoje é mais definida por um púlpito em um prédio do que uma mesa onde os iguais se sentam ao redor como família. Hoje, a igreja tem mais reuniões e cultos em lugar de relacionamentos, mais desempenho em vez de companheirismo, mais formalidades que substituem conexões; ela age como se plataformas, palanques e púlpitos fossem mais importantes do que comer juntos com irmãos em Cristo. A igreja de hoje tem mais superiores e "comandantes" em lugar de "irmãos entre irmãos" como Jesus era (e ainda é). Ele próprio era um amigo que usava a mesma roupa como todos os outros ao Seu redor; Ele era tão parecido com eles que Judas teve de beijá-lo para que os soldados soubessem quem Ele era. A igreja hoje tem muitos membros e muito poucos discípulos, porque a ênfase foca em lotar as "igrejas" com membros e não fazer discípulos que, por sua vez, farão discípulos das nações.

Você e eu, e especialmente os pastores cristãos, devemos entender que não temos ovelhas e não temos discípulos próprios. Se as ovelhas e os discípulos são nossos, eles não pertencem a Jesus. Jesus é o Pastor, portanto, só podemos pastorear o rebanho Dele e El somente continuará sendo o Mestre e dessa forma fazemos discípulos por e para Ele.

3 - Devemos cumprir a grande comissão apenas ao viver o grande mandamento.
"Jesus disse-lhe: “Amarás ao Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua mente." Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo é como: "Você amará o seu próximo como a si mesmo". Com estes dois mandamentos, pendure toda a Lei e os Profetas. "" Mateus 22: 37-40

O próprio Jesus explica o Seu raciocínio: "Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros". João 13: 34-35

FINALMENTE, eu proponho que leiamos a nossa grande comissão, a grande comissão dada por Jesus aos Seus discípulo do seguinte modo e a realizemos todos os dias e em todos os lugares para que ela não seja lembrada como a "nossa grande omissão"!

"Então Jesus lhes disse: "Assim está escrito, e assim era necessário que o Cristo sofresse e ressuscitasse dos mortos no terceiro dia, e que o arrependimento e a remissão dos pecados sejam pregados em Seu nome a todas as nações, começando em Jerusalém. E você é testemunha dessas coisas.
Toda autoridade me foi dada no céu e na terra.

Eis que envio a promessa de meu pai sobre você; Mas demore-se na cidade de Jerusalém até que você esteja com poder do alto.

Não é para você conhecer os tempos ou as estações que o Pai colocou em Sua própria autoridade. Mas você receberá o poder quando o Espírito Santo vier sobre você; e você será Minha testemunha em Jerusalém, e em toda a Judéia e Samaria, e até o fim da terra.

Vá por todo o mundo e pregue o evangelho a toda criatura, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

Enquanto vai, faça discípulos de todas as nações,

Aquele que crer e é batizado será salvo; mas aquele que não acredita será condenado.

E esses sinais seguirão aqueles que crerem: em Meu nome expulsarão demônios; eles falarão com novas línguas; eles irão pegar serpentes; e se eles bebem algo mortal, não os machucará; eles vão colocar as mãos sobre os doentes, e eles vão ser curados.

Ensine-os a observar todas as coisas que Eu lhe ordenei; e eis que eu estou contigo sempre, até o fim dos tempos. Amém. Mateus 28: 18-20, Marcos 16: 15-18, Lucas 24: 46-49 , Atos 1: 7-8

Nunca possamos esquecer: o primeiro passo na obediência a Jesus começa com cada um de nós individualmente, independentemente de como os outros responderão.

"Jesus disse a ele (para mim):" Se eu quiser que ele permaneça até eu chegar, o que é isso para você? Siga-me." John 21: 22