31 dezembro 2009

APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

Josimar Salum

Pastores no Novo Testamento

O uso do título de “apóstolo, profeta, evangelista, pastor ou mestre” é prática desconhecida no Novo Testamento, embora exista menção no Novo Testamento de apóstolos, profetas, evangelistas e mestres relacionados a homens e em algumas passagens a mulheres. Todas as vezes que a palavra, por exemplo, “apóstolo” aparece relacionada ao um nome descreve o que a pessoa é e o ministério que a pessoa exerce. Somente os doze primeiros apóstolos de Jesus receberam “o nome” de apóstolos.

Entretanto, não há nenhuma vez em que a palavra "pastor" no Novo Testamento tenha sido vinculada a homem ou mulher, senão exclusivamente a Jesus. A única vez em que aparece a palavra pastor relacionada aos homens ou às mulheres (aos santos) no contexto da Igreja é em Efésios capítulo 4 e mesmo assim relacionada ao dom ministerial e não a posição e nem a título. Refere-se a pastor no sentido do pastoreio de ovelhas (animais), como na Parábola das Cem ovelhas por exemplo.

Alguns exemplos:

“Ora, na igreja em Antioquia havia profetas e mestres, a saber: Barnabé, Simeão, chamado Níger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes o tetrarca, e Saulo. (Atos 13:1)

“Quando, porém, os apóstolos Barnabé e Paulo ouviram isto, rasgaram as suas vestes e saltaram para o meio da multidão, clamando” (Atos 14:14)

“Partindo no dia seguinte, fomos a Cesaréia; e entrando em casa de Felipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele.” (Atos 21:8)

Parece-me muito estranha a rejeição exacerbada de alguns líderes evangélicos quanto ao uso do nome ou do título “apóstolo” conquanto não tenham nenhum problema em insistirem com o uso do nome ou título de “pastor” especialmente no meio das denominações históricas”. Ai se usa sem nenhum constrangimento o adjetivo “reverendo”, que significa, dígno de ser reverenciado.

“E ele lhes disse: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações; porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.” (Lucas 16:15)

Pastores no Antigo Testamento

Grande parte das vezes em que as palavras “pastor” ou “pastores” aparecem no Antigo Testamento relacionadas aos homens que lideram o povo de Deus estão inseridas num contexto de repreensão. Pastores no Antigo Testamento eram considerados os profetas, os reis, os sacerdotes e os “presbíteros, anciãos” do povo.

“E o Senhor me disse: A pérfida Israel mostrou-se mais justa do que a aleivosa Judá.

Vai, pois, e apregoa estas palavras para a banda do norte, e diz: Volta, ó pérfida Israel, diz o Senhor. Não olharei em era para ti; porque misericordioso sou, diz o Senhor, e não conservarei para sempre a minha ira.

Somente reconhece a tua iniqüidade: que contra o Senhor teu Deus transgrediste, e estendeste os teus favores para os estranhos debaixo de toda árvore frondosa, e não deste ouvidos ã minha voz, diz o Senhor.

Voltai, ó filhos pérfidos, diz o Senhor; porque eu sou como esposo para vós; e vos tomarei, a um de uma cidade, e a dois de uma família; e vos levarei a Sião; e vos darei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência. (Jeremias 3:11-15 RA)

“A minha tenda está destruída, e todas as minhas cordas estão rompidas; os meus filhos foram-se de mim, e não existem; ninguém há mais que estire a minha tenda, e que levante as minhas cortinas.

Pois os pastores se embruteceram, e não buscaram ao Senhor; por isso não prosperaram, e todos os seus rebanhos se acham dispersos. (Jeremias 10:20-21 RA)

“Portanto assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca dos pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes. Eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o Senhor.

E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o Senhor.” (Jeremias 23:2 & 4 RA)

“Ovelhas perdidas têm sido o meu povo; os seus pastores as fizeram errar, e voltar aos montes; de monte para outeiro andaram, esqueceram-se do lugar de seu repouso.” (Jeremias 50:6 RA)

“Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas?” (Ezequiel 34:2 RA)

“Contra os pastores se acendeu a minha ira, e castigarei os bodes; mas o Senhor dos exércitos visitará o seu rebanho, a casa de Judá, e o fará como o seu majestoso cavalo na peleja.” (Zacarias 10:3 RA)

“E suscitarei sobre elas um só pastor para as apascentar, o meu servo Davi. Ele as apascentará, e lhes servirá de pastor. (Ezequiel 34:23 RA)”

“Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; a essas também me importa conduzir, e elas ouvirão a minha voz; e haverá um rebanho e um pastor.” (João 10:6)


“Profetas e apóstolos mandarei”.

Jesus disse numa ocasião aos que O acusavam de expulsar demônios pelo poder de Belzebu e aos que para o experimentar lhes pedia que fizesse algum sinal o Reino de Deus tinha chegado, pois Ele expulsava demônios pelo Poder de Deus.

Na mesma ocasião um fariseu admirou-se de que Ele não se lavou antes de almoçar. É que Jesus rompia com as tradições e os costumes. Assim, repreendeu os fariseus e os doutores da lei e trouxe uma revelação inédita:

“Ele, porém, respondeu: Ai de vós também, doutores da lei! porque carregais os homens com fardos difíceis de suportar, e vós mesmos nem ainda com um dos vossos dedos tocais nesses fardos. Ai de vós! porque edificais os túmulos dos profetas, e vossos pais os mataram. Assim sois testemunhas e aprovais as obras de vossos pais; porquanto eles os mataram, e vós lhes edificais os túmulos.

Por isso diz também a sabedoria de Deus: Profetas e apóstolos lhes mandarei; e eles matarão uns, e perseguirão outros.

Para que a esta geração se peçam contas do sangue de todos os profetas que, desde a fundação do mundo, foi derramado; desde o sangue de Abel, até o sangue de Zacarias, que foi morto entre o altar e o santuário; sim, eu vos digo, a esta geração se pedirão contas.
(Lucas 11:46-51 RA)

Jesus disse: “Profetas e apóstolos lhes mandarei; e eles matarão uns, e perseguirão outros.”

No contexto néo-testamentário profetas e apóstolos, e no Antigo Testamento no que diz respeito aos profetas, nunca foram populares com as autoridades. Por isto, foram perseguidos ou mortos.

Jesus disse que enviaria embaixadores (apóstolos) e profetas (porta vozes).

Apóstolos e profetas aparecem no Novo Testamento atuando juntos. Deus pôs na igreja primeiramente apóstolos e em segundo lugar profetas.


Apóstolos na igreja

“Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente seus membros.

E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro mestres, depois operadores de milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos mestres? são todos operadores de milagres? Todos têm dons de curar? falam todos em línguas? interpretam todos? Mas procurai com zelo os maiores dons. Ademais, eu vos mostrarei um caminho sobremodo excelente.” (I Coríntios 12:27-3 RA)

Claramente o texto diz que Deus pôs primeiramente na igreja apóstolos. A palavra “protos” significa exatamente “primeiro” na sequência, na ordem.

O primeiro ministério na igreja que deve ser reconhecido é o ministério apóstolico. Como não cessaram o ministério de mestre, nem operadores de milagres, nem dons de curar, nem socorros, nem os que falam línguas ou interpretam também não cessaram “apóstolos e profetas”.

“Procurai com zelo os maiores dons.”

Existem dons maiores e menores. É para procurar os maiores dons. E a partir daí, o apóstolo Paulo passou a mostrar um caminho sobremodo excelente.

Não se trata de uma novidade deste século o reconhecimento legítimo de que Deus pôs na igreja apóstolos e profetas, como também evangelistas, pastores e mestres.

A Palavra de Deus que não mudou já mostrava estas doutrinas abertamente entendidas no primeiro século.

Erroneamente a “igreja” sucumbiu ao falso ensino de que a “eclesiologia” não foi totalmente estabelecida por Jesus ou pelos apóstolos no Novo Testamento. Teria sido desenvolvida durante a história uma “teologia progressiva” de acordo com a necessidade e a época, como se a Palavra de Deus, o Verbo, Jesus Cristo, ontem, hoje e eternamente, fosse mutável e adaptável de acordo com a conveniência de cada um.

O que chamam de novidade fica por conta de como rejeita-se e deturpa-se estes dons (apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres) em nome da religiosidade e das tradições e por conta dos que sem entenderem biblicamente a natureza dos ministérios os reinventam ou mal interpretam.

Ou simplesmente dando continuidade ao modelo hierárquico protestante originado no catolicismo romano renomeiam as mesmas posições e os mesmos títulos com nomes bíblicos. Assim que um indivíduo é chamado de “apóstolo” ou “pastor” quando de fato é o “papa ou cardeal de sua igreja, denominação ou rede apostólica.”

Aquele que antes era “pastor presidente” ou “bispo” agora é entitulado de “apóstolo”. Aquele que era chamado de pastor viu a necessidade de ser chamado apóstolo para diferenciar-se dos outros e caracterizar sua posição superior.

É o mal que o apóstolo João já teria idenficado no final do primeiro século e que perpetuou-se durante toda a história da “igreja”.

“ Escrevi à igreja, mas Diótrefes, que gosta muito de ser o mais importante entre eles, não nos recebe. Portanto, se eu for, chamarei a atenção dele para o que está fazendo com suas palavras maldosas contra nós. Não satisfeito com isso, ele se recusa a receber os irmãos, impede os que desejam recebê-los e os expulsa da igreja.” (III João 9-19 NVI)

“Escrevi alguma coisa ã igreja; mas Diótrefes, que gosta de ter entre eles a primazia (literalmente, o primado), não nos recebe.” (III João 9 NVI)

CLIQUE AQUI: Sobre o ensino do Rev. Augusto Nicodemos 
acerca dos “apóstolos bíblicos”.

APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte I

9 comentários:

Pastor João A. de Souza Filho disse...

João A. de Souza Filho

subject seus artigos

Josimar: Aprecio muito sua abordagem recente sobre o ministério, especialmente o de apóstolos. Tem boa base bíblica e fecha com o que eu sempre ensinei a respeito. A propósito eu escrevi um livro sobre o tema - faz dez anos - mas nunca consegui editora para publicar. Seu tema é interessante. Você vai transformá-lo em livro? Vá em frente.
Publique este tema!

Pastor João A. de Souza Filho
www.pastorjoao.com.br

João Alexandre Amaral Chaves disse...

subject RE: APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

Efésio 4 mostra claramente as funções ministeriais, não são títulos, e sim funções (pastores, mestres, evangelistas, apostolos) e são funções que Deus deu para aperfeiçoamento dos santos. Para o ensino...

JOAO TENORIO disse...

date Tue, Sep 29, 2009 at 8:38 AM

subject RE: APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

Prezado Irmão.autor do Comentários sobre Pastores profetas, evangelista e Reverendo

1. Achei que o irmão está preocupado,em entroduzir novidades. Na realidade o seu trabalho precisa de mais exclarecimentos Não entendi até onde o irmão quer chegar. Bastam as novidades a quiza de esclarecimentos que temos recebido. Hpje "APOSTOLOS não existe na igreja . Profetas, só no sentido de Pregador, como a palavra deriva do Verbo latino Profere" mas não no sentido de anunciar revelações de Deus, como os profetas do Antigo Testamento cujo Ministério foi encerrado com João Batista. " A lei e os profetas duraram até João" conforme afirmou o Senhor Jesus. Enquanto o termo Reverendo a´propria da Igreja ASpostata, e por isso abomino o termo
E que o Senbor nos abençoe e nos guarde
Em Cristo Jesus nosso senhor
Pr João tenório Moura

Pr. Messias Messias de Lima disse...

pr.manoelmessias@hotmail.com>

date Tue, Sep 29, 2009 at 9:10 AM

subject RE: APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

RESPONDENDO: Admirei muito sua abordagem sobre o tema em pauta, fiquei imprecionado com sua maestria em calçar bem seus argumentos pela Biblia, a maior autoridade escriturística que existe sobre a terra. Eu creio e respeito a Bíblia como regra de fé e prática. Todavia, o que me chama atenção, é a forma moderna e pós-moderna de ver e ler a Bíblia, de interpretá-la, a facilidade de expor, parece que todos que preservaram com suas próprias vidas e com muito zelo o evangelho de Jesus Cristo, eram uns miseráveis falsários da Palavra de Deus, que morreram de graça defendendo a Igreja do Senhor, sendo martirizados com suas famílias. Uns coitados ignorantes, muitos teólogos renomados, não eram nada, os atuais pensadores de posse da Bíblia é que são os tais, pantólogos, que descobriram "o mapa da mina", que os do passado é que eram os pretenciosos, os de hoje não, é que são os verdadeiros. O interessante é que nem não temos uma teologia digna de confiança hoje a não ser a copilação dos antigos compêndios teológicos do passado, mesmo com tanta desenvoltura na pós-modernidade, ainda estamos aquém dos pensadores do passado. Não fugimos da regra de Lavoisier "...não se cria, só copia..." Mas, como imitadores de Cristo que somos, defendemos sim, as posições bíblicas dadas aos homens sob a orientação e a vocação de Deus na vida de cada um. Em outro cometário posso me aprofundar mais na matéria, pois fui superficial na minha abordagem. Deus abençoe vc e sua família, um prazer contactar com vc. Fique na bênção....

JEFFERSON NETTO disse...

date Tue, Sep 29, 2009 at 10:24 AM

subject Re: APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

Parabens,
Esse foi o melhor dos três. muito bem embasado e o argumento sólido.
D+
Jeff

Gerson lucas disse...

date Fri, Oct 9, 2009 at 8:08 AM

subject RE: APÓSTOLOS SEGUNDO AS
ESCRITURAS – Parte III

pastor a paz do senhor tenho recebido suas mensagens e fico muito grato por elas sao muito edificantes eu preciso de uma mensagen arrespeito desses pastores q querem negociar o preco das suas pregacoes pq eu nao acho correto um pastor pedir ou colocar preco td q o pastor e digno do seu salario mais tem uns por ai q e demais espero a sua resposta

riuza melo disse...

date Fri, Oct 2, 2009 at 10:17 AM

subject RE: APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

a paz do senhor pastor josimar..louvo ao senhor pela sua vida ,pela sabedoria que so um DEUS como o nosso pode `dà tenho aprendido muito com o senhor , DEUS ABENÇOE CADA VEZ MAIS .

Aurelino Cruz disse...

date Thu, Oct 15, 2009 at 8:59 AM

subject RE: APÓSTOLOS SEGUNDO AS ESCRITURAS – Parte III

Bom Dia Irmão Salum,
e.mail interessante e esclarecedor. Vejo senhor como um reverendo e por posso chama-lo reverendo (respeitado). Ficou para mim a necessidade de nossos lideres sejam nossos irmãos, com mais de onze mil denominações buscando diferenciar-se uma das outras existe agora muita confusão, muitos desviados, muitos crentes sem um discipulado minimo almejando qualquer que seja o titulo, menos de ser chamado irmão (praticando a irmandade). tenho estado impressionado com a expressão biblica "nos últimos dias o amor de muitos se esfriarão", estamos vendo isso todo os dias. Muitos líderes cristãos se odeiam literalmente falando. imagine os crentes oriundos destes lideres!
historico, contemporaneo, pentecostal, neo pentecostal, ultra pentecostal, catolico, ortodoxo, reformado, independente, hereticos e muitos outros estilos, realmente será necessário títulos, mas não encontramos muitos verdadeiros irmãos e amigos cristãos para toda a vida de crente.
gostei muito do final do seu e.mail: Josimar Salum ( seu nome ou simplesmente o nome do irmão)

Os títulos endurecem o coração de muita gente boa!
aurelino
Rhode Island

Tomé e Lúcia Santos disse...

date Sat, Dec 12, 2009 at 9:16 AM

subject Res: Parte III - Uma Graça que poucos desejam

Olá irmão Josimar.
Nossa oração e suplica a Deus, que a sua vida e de sua familia sejam ricamente usada por Deus.
Vejo que o irmão tem uma grande visão de Deus, quanto a nossa nação Brasileira.Obrigado pelos bons artigos que tem nos enviado
Eu minha familia, somos missionários aqui em Camaçari na Grande Salvador, implatntando novas Igrejas para o Senhor. Sei que Deus está operando grandes coisas aqui na Nossa região.
Louvamos a Deus pelo apoio em oração. Sei que mesmo distante do Brasil,Deus tem usado voces para ser uma benção para nossa nação Brasileira.

Pr Tomé, Lúcia Helena e Raquel Arminda
Segue anexo fotos de nossa Igreja, familia.
Nosso Netinho,Miguel Adone