24 abril 2009

AVIVAMENTO PESSOAL

“Não tornarás a vivificar-nos para que o Teu povo se alegre em Ti” (Salmos 85:6)

Precisamos de Avivamento!

Precisamos de avivamento gerado pela Palavra, porque os necessitados nos batem à porta e pedem pão, "Pão dos Céus".

Precisamos de avivamento porque há muitos trabalhadores do Reino que querem fazer a obra, mas carecem de recursos dos céus.

Precisamos de avivamento, porque há muitos acomodados e confortáveis no porão do navio "da Igreja" que precisam de despertamento espiritual e de conversão à obediência da Palavra.

A maioria dos últimos "avivamentos localizados", especialmente os das últimas duas décadas estão cheios de curas e milagres, emoções exuberantes e manifestações espirituais - algumas até exóticas, porque de fato são manifestações mais da alma humana do que propriamente do Espírito! Mas nenhum deles produziu transformação social, nem mesmo nas comunidades onde se manifestaram.

Carecemos de avivamento que gere santidade nos crentes ao ponto de transformá-los em melhores esposos e esposas, melhores filhos, melhores amigos, gente que saiba se relacionar com amor e paz e que saibam viver em comunhão e unidade, sem dissenções ou divisões.

Carecemos de avivamento que leve os crentes a viverem a vida na terra com testemunho e honestidade.

Carecemos de avivamento gerado pela Palavra da Cruz que gera a manifestação da Graça de Deus "trazendo salvação a todos os homens, ensinando-lhes que, renunciando a impiedade e os desejos mundanos, vivam neste presente século sóbria e justa e piamente". (Tito 1:11-12)

Carecemos de avivamento de Pão que mantém o Fogo do Espírito, o Fogo que consome todo o pecado, injustiça e iniquidade. Se é somente "fogo", sem Palavra, não é o Fogo do Espírito, mas fogo estranho que geralmente se manifesta em profecias falsas que prometem sucesso e prosperidade para quem vive no pecado e é amigo do mundo nos seus feitos e diversões.

Porque o Espírito manda dizer "aos justos que bem lhes irá, porque comerão das suas obras. Ai do ímpio (o que pratica o pecado)! Mal lhe irá, porque a recompensa das suas mãos se lhe dará" (Is 3:10-11). "O que medita na Lei do Senhor de dia e noite... tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios, mas são como a moinha que o vento espalha (quanta gente boa, mas gente ímpia espalhada!). Pelo que os ímpios não SUBSISTIRÃO NA CONGREGAÇÃO DOS JUSTOS. Porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá" (Sl 1:1-6).

Por tudo isto, não deveríamos estranhar quando "escândalos" estouram em nosso meio, no meio dos santos e justos do Senhor! É que o íniquo não pode subsistir na congregação dos justos! "Porque até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós"(I Co 11:19).

Carecemos de avivamento da Palavra Viva do Deus vivo que leva aos crentes a não se escandalizarem quando "proeminentes e carismáticos pregadores e cantores" caem em pecado e se "desviam" trazendo vergonha e afronta para seus "ministérios" Por isto é que carecemos mesmo de um avivamento de sede e fome da Palavra que gera maturidade e discerninento espirituais, porque a Palavra ensina que se conhece a árvore pelo seu fruto. Em outras palavras, não se conhece o pregador pela sua pregação nem o cantor pelas músicas que canta, mas pelo seu testemunho que somente conhece quem convive com eles. O profeta é aprovado não pelo seu dom, mas pelo seu caráter. E a nós cabe prová-los, porque não se pode acreditar na mensagem e na pregação de falsos profetas.

“Oh! Se fendesses os céus e decesses!”

“Oh! Se fendesses os céus e decesses!” - clamou ardentemente o profeta muitas vezes, e Deus, consigo mesmo, resolveu responder.

Deus abriu uma pequena fenda nos céus e enviou um anjo até um sacerdote ocupado com os assuntos de Deus chamado Zacarias, para anunciar que sua esposa estéril (de ventre selado como os céus de Israel) daria a luz a um profeta, João, que anunciaria a resposta à oração centenária de outro.

Deus abriu outra pequena fenda, e enviou o mesmo anjo para visitar uma mocinha da roça, chamada Maria, para anunciar que ela daria a luz à resposta da oração centenária do profeta Isaías.

“Oh! Se fendesses os céus e decesses!” continuava ressonando nas moradas altíssimas de Deus até que Ele deu um passo, pequenino, e desceu. Ao descer, os céus fenderam-se e abriram-se. Somente alguns poucos pastores sem importância assistiram aos céus abertos. E o restantes dos homens não viram quando os montes se escoaram diante da Sua face. Os adversários pasmaram ante a notoriedade de Seu Nome. Mesmo sem perceberem, as nações tremeram diante da Sua presença. Sim, os céus se fenderam e Jesus desceu. Deus se fez carne e habitou entre nós.

Avivamento é a chegada de Jesus

Avivamento é a chegada de Jesus. Quando Jesus chega coisas terríveis acontecem. O povo recorda-se dos grandes feitos dEle no passado e a memória recente dos famosos se dissipa e desaparece. O povo pára de tropeçar, pecar e experimenta descanso do Espírito do Senhor. O zelo pelo Senhor e pelo Seu Reino torna-se sua plena ocupação.

A bondade e a compaixão inundam de vida os corações das pessoas enquanto relacionamentos se enchem de fervor e de consideração mútua. Barreiras caem, reconciliações abundam e como ninguém é importante – só Jesus – todos se abraçam e vivem em sintonia. Os nomes perdem o sentido, as estrelas caem, e se alguém é mencionado, só por respeito e carinho, mas nunca para evidência. Notório e elevado, somente o Nome de Jesus. Pois Ele mesmo disse: “Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações; porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.” (Lc. 16:15)

O povo, com alegria, passa a praticar a justiça; e em tudo o que faz lembra-se do Senhor em todos os seus caminhos. O que chama de secular se torna sagrado e o que era sagrado continua sendo sagrado em qualquer lugar.

Jesus com Sua chegada - Palavra e Poder - sacudiu a religião dos homens. Como Jesus alvoroçou as reuniões sabáticas das sinagogas! Em sua própria cidade ofendeu a maioria dos que O conheciam desde criança. Com a mesma intensidade Sua chegada queimará a lenha de nossos cultos e ofertas religiosas, porque nossas reuniões são previsíveis, programáticas e bitoladas pelos limites de nossos planos e agenda.

Jesus viveu como um Leão. Só se tornou Cordeiro à caminho do Calvário. Era feroz contra a hipocrisia dos pastores e padres de sua época. Sim, Ele nos encherá de furor e ódio contra o pecado, a hipocrisia, a injustiça e a miséria.

A chegada de Jesus muda estruturas, transforma modelos, traz de novo o sobrenatural. O Temor do Senhor e a expectativa ardente pelo próximo mover encherão o coração do que é maravilhoso.

Jesus com Sua presença poderosa e pertubadora destruirá nosso conforto - “modus vivendi” e nos encherá de zelo exagerado pela Sua causa em alcançar os perdidos.

Jesus é o Avivamento

Jesus é o Avivamento que produzirá crentes de palavras mansas e incapazes de ofender ao irmão e ao próximo. Avivamento que produzirá reconciliação pelo perdão. Avivamento que nos levará a atitudes cheias de Amor. Avivamento que nos fará arder de compaixão pelos perdidos. Avivamento de crentes quebrantados e de crentes que oram de verdade. Avivamento que prozuzirá o Caráter de Deus estampado na vida de cada irmão.

A santificação será naturalmente cultivada sem a necessidade de incentivo externo. Avivamento que produzirá uma nova linguagem para os crentes, pureza nas palavras, pureza de pensamentos e nas atitudes.

Avivamento que centraliza a Cruz de nosso Senhor Jesus, o Seu sangue, fonte de perdão, purificação e libertação. Sangue precioso que livra da culpa, da condenação, das mágoas, dos ressentimentos, de pecado e da morte.

Avivamento da alegria sobrenatural do Espírito Santo. Alegria superabundante. Sim, um Avivamento de Alegria, de júbilo, de louvor a Jesus. Avivamento de Unção, Vinho Novo, de um Batismo de Alegria que fará as pessoas agirem como se estivessem embriagadas. Não vos embriagueis com vinho, mas enchei-vos do Espírito. (Ef. 5:18)

Avivamento que levar-nos-á a compaixão pelos irmãos e irmãs. Avivamento de Unidade e União dos crentes. Jesus Cristo revelado e manifestado na vida de cada um. Sua Glória enchendo a Igreja dando-nos a sensação de Sua majestade santa. Que nos fará comtemplativos de Sua soberania.

Ficaremos maravilhados com Sua grandeza, Seu domínio, Seu poder, Sua honra, Seu louvor, Sua presença sem medidas expressos na vida de cada um.

12 comentários:

pr Francisco Arcuri disse...

È possivel colocarmos em nossa pagina de colunistas.. algumas materias - com certeza estaremos colocando as fontes a procedencia...

www.fonteeterna.com.br

um abraço. pr Francisco Arcuri

Priscilla disse...

GLÓRIA A DEUS!

Atenciosamente,
Priscilla

Jorge Trimboli disse...

Deus te guarde nessa unção. Meditação MUITO edificante.
Um abraço,

teu irmão em Cristo Jorge Trimboli

Ubirajara disse...

POSSO PUBLICAR NO MEU SITE?




Você é do tipo cachorro rebelde, que precisa ser amarrado para não fugir?
Ou do tipo cachorro desobediente, que precisa apanhar para aprender?

Editora Naós
Av. Fuad Lutfalla, 1226
02968000 – São Paulo , SP
(11)39928016
0800 7018016

Pr. João Batista disse...

Irmão Josimar,

Faz muito tempo que não leio uma mensagem como essa. Deus te contemple!

Pr. João Batista

Pra.Regina Marcondes disse...

Prezado irmao, que a Paz do Eterno esteje consigo!

Muito bom seus e-mail, vem de encontro com meus pensamentos!
Nao sei se chegou a ler meu livro, caso nao por favor me envie seu endereço para que eu possa posta-lo a si.
Sabe aqui em Portugal, estou parada na espera da ordem de avançar do Pai, mas nao me sinto bem em fazer
parte de qualquer igreja pois como Jesus eu nao consigo conviver com hipocresia.
Sei que precisamos de congregar e sei que precisamos de uma cobertura espiritual.
Quando falo com amigos pastores sobre isso, me enviam fichas a serem preenchidas e taxas a serem pagas, me
parece mais inscriçao em um clube do que ajuda no Reino de Deus!
Tive um encontro Real com Deus, por isso mesmo com todas as feridas que carrego ja cicatrizadas em meu coraçao nao cooncordo com muitas coisas, nao sei como posso ser util ao ministerio do irmao, mas aqui está uma mulher que Deus
levantou como Jeremias, luto pelo evangelho verdadeiro.
Que Deus continue a lhe abençoar
Pra.Regina Marcondes (Acima de tudo Serva do Altissimo)

evlac@yahoo.fr disse...

InJesus user evlac@yahoo.fr sent a message to Josimar Salum
Here's what they said:
======================================================================
RE: 23/09 - AVIVAMENTO PESSOAL

Concordo inteirmanete com a visão do irmão, expandindo o reino de Deus na terra até que Ele venha. Escrevi um livro sobre o assunto "Céus na Terra, o reino dos céus entre nós". Vivemos no reino de Cristo, até que Ele venha buscar Sua igreja, agencia do reino na terra, e entregue o reino ao Pai, I Cor. 15, nossa missão é vivenciar o reino, vida abundante e de santidade em Cristo, e , espalhar seu reino, alcançando o máximo de pessoas , até que a "plenitude dos gentios" entre no reino.
Contudo, não deveríamos confundir o reino de Deus com o povo de israel, eles sim precisavam ser avivados, porque andavam mortos em pecados, a igreja do Senhor é sem ruga nem mácula, é santa e viva, mas como no meio do reino tem de tudo, como a rede que traz peixes bons e ruins e no final dessa era o Senhor mandará seu anjos a separar o joio do trigo. Não podemos comparar a igreja com o povo de Israel, como povo eles deviam viver o reino, governo de Deus no coração. Não o fizeram, dai Mat 21:43 "o reino vos será tirado e dado a um povo que produza frutos", isto é ,à igreja, não podemos misturar vinho novo em odres velhos. A unica comparação que fazemos é que assim como o povo teria que tomar canaã, a terra prometida, assim a igreja tem que tomar o mundo inteiro de volta a quem pertence, a Deus. Agora os demonios tem o dominio que adão perdeu no paraiso, mas Cristo venceu a satanas na cruz e nos deu a terra de regresso, mas temos que consquistá-la. A igreja! não precisa de reavivamento, a verdadeira igreja anda avivada, por toda parte voce conhece crentes como voce mesmo que vivem no fogo do Espírito, e é essa igreja que espalha o fogo da presenca de Deus onde quer que vá. Que lobos ferozes surgirão, e tem surgido Atos 20, sempre haverá divisões em todas as igrejas, igrejas não Igreja, esta é a noiva de Cristo, aquelas são organizações humanas onde esta colhe seus membros, esta eterna, aquelas temporais, esta sem macula, aquelas um complexo de seres em diferentes estágios. Muitos dirão naquele dia, Senhor Senhor..., estavam no reino mas o rei nas estava neles.
Assim não agredimos a igreja de Cristo, comparando-a ao povo de Israel, mas vivemos o fogo do Espírito, pois é ele quem aviva os mortos dentro e fora das igrejas organizações, trazendo vivos, avivados, regenerados, santificados e em santificação para dentro da igreja vitoriosa.
Quando dizemos que necessitamos avivamento, estamos declarando que nós estamos mortos, ou estamos julgando os demais mortos, porque "eles" necessitam avivar-se. A igreja de Cristo não está morta, o reino continua se espalhando por toda terra, que há igrejas "mortas" seja por sua teologia que abandonou no Deus vivo, seja por sua dinamica de cultos, que não podemos julgar, seja por sua vida de acinte ao evangelho, o que eles precisam é conversão, regeneração. Entendo a que o irmão quer se referir, há pessoas que estão mortas em nossas igrejas, como havia um judas com o proprip Cristo, contudo nossa mensagem deve ser a mesma dele ..."arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus."
O motivo de te escrever é porque me entristece qundo vou a um culto e vejo as pessoas falando da festa, como seria boa etc, quando na verdade deveriam estar celebrando a festa, festejando a presença do Senhor. Pior quando o pregador agride a igreja tratando os crentes juntos com os incredulos chamando-os de "povo rebelde" e citam os profetas, etc. Paulo disse "eu sofro o restante dos sofrimentos de Cristo pela igreja" Col 1:24, tratando aos crentes como "uma ama aos seus filhos".
E aqui meu querido irmão sei do amor e carinho que o irmão tem pela igreja do Senhor Jesus Cristo, que Ele resgatou com Seu proprio sangue, apenas nos habituamos a usar jargões comuns em certos setores do cristianismo sem buscarmos as raizes de nosso posicionamento cristão. Somos do Reino, do governo do Senhor em nossos corações, e queremos expandir esse reino por toda a terra, ele não se confunde com o reino do mundo, daí não acusarmos o mundo e suas mazelas, pois vivem no maligno e necessitam da graça de Deus para salvação deles, nem tão pouco confundimos com o povo de israel , que deveriam ser reino, mas nunca, como povo, O obedeceram.
Que o Senhor continue abençoando o irmão e seu ministério, e naquilo que o irmão discordar, por amor fraternal, me esclareça.
Seu amigo e "companheiro nas aflições e no reino" Ap. 1:9
E. Lacerda

bgsal_2006@yahoo.com.br disse...

Obrigada por me neviar palavras tão edificadoras!!!!!!!!!! preciso de transformação mesmo e cada vez que recebo uma mensagem me sinto com desejo imenso de falar com Deus.

Elizeu Martins de Barros disse...

Olá,Jsalum(?).Tudo bem?Não sei quem vc é...mas interessante o que vc me mandou. Um abraço

Cairo Marques disse...

Bom de ler... bom para refletir... bom para se viver.

Cairo

Dedalus Bueno disse...

Oi Josimar,

Fico muito feliz de ver uma mensagem contendo tanta firmeza na ousadia e exultação da nossa esperança.
Com certeza, Deus está preparando os seus ungidos para testemunhar com poder o seu Juízo e Misericóridia nestes tempos do fim.

Certamente não foi atoa que tudo isso chegou a mim. Nosso Deus não joga dados.
Apesar de o item final chamado "Missão" não ser o chamado de Deus que tenho diante de mim.
Porém creio que, se a mensagem "Avivamento Pessoal" foi realmente escrita por você, inspirada naquilo que Deus tem impresso em seu espírito; então, certamente temos muito em cumum.

Vamos nos falando, um com o outro, que o Senhor certamente atentará e ouvirá.

Eu sou o Dedalus,
alguém que viu o Tesouro escondido no campo e saiu para obstinado a vender tudo que tem, para então o adiquirir.

Um abraço,
Maranata Senhor Jesus

email dedalus78@hotmail.com

pjwalker disse...
Este comentário foi removido pelo autor.