07 agosto 2017

Sobre o amor de Deus por você Dr. Paul Taylor


Sobre o amor de Deus por você

Dr. Paul Taylor

 

Gostaria de acompanhar a mensagem do Dr. Josimar Salum sobre o amor de Deus.


Jesus disse: "Peça, e lhe será dado; busque, e encontrará; bata, e a porta lhe será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta ser-lhe-á aberta.” Mateus 7:7,8


Todos nós conhecemos essa passagem e, no entanto, muitas pessoas não conhecem o amor de Deus. Eles o serviram há anos, mas eles não conhecem Sua graça, compaixão e misericórdia. 


Muitos são tão difíceis de lidar com os outros, especialmente um não crente, mas por que é isso?


Estou escrevendo sobre a minha própria experiência. Durante anos como pastor eu trabalhei para adquirir e manter a minha salvação. Tinha medo de não orar ou ler a Bíblia o suficiente. Se eu não falasse de Jesus pra todas as pessoas que conhecia, me sentia culpado. Foi uma vida terrível. Eu estava tentando ganhar o amor e a aprovação de Deus.


Muitas coisas me impediram de conhecer realmente a Deus. Eu estava pedindo, buscando e batendo a porta, mas ainda sentia que não estava fazendo o suficiente para ganhar Sua aprovação e Seu amor.


1. Minha mentalidade religiosa estava me impedindo de conhecer Deus!


A maneira como fui criado e as coisas que “mestres” me ensinaram impediram-me de ver a Deus. É por isso que Jesus disse: Ninguém põe vinho novo em odres velhos; de outro modo arrebentam os odres, e derrama-se o vinho, e estragam-se os odres.


Na verdade, Deus nos protege ao deixar de nos dar novas revelações que não temos capacidade de receber. Ouviste-me? Deus faz desta forma. Ele deixa de nos dar o que não podemos receber para o nosso próprio bem. 


Demorei anos lutando angustiado até o momento em que estive tão desesperado que comecei a abrir a minha mente a uma nova revelação. Minha mentalidade, minha visão de mundo, teve que ser alterada.


Minha maneira de pensar tinha de mudar. Eu tive que renovar a minha mente e isso leva tempo. Esta jornada de metamorfose  é dolorosa. Mas posso dizer que valeu a pena!


2. Orgulho. O orgulho nos impede de conhecer a Deus.


Nós pensamos que já o conhecemos. Nós acreditamos que sabemos tudo. Alegamos piamente que a nossa doutrina é completa e que conhecemos a Deus! Isso é um absurdo! Eu lhe pergunto, você consegue imaginar um ser finito como o homem conhecendo totalmente o Deus infinito que criou o universo com Suas Palavras!?


O orgulho me impediu de ter um relacionamento íntimo com Deus.


Eu era convencido que a minha doutrina continha tudo o que eu precisava saber sobre o grande Eu Sou. Eu estava errado!


Eu reduzi o Altíssimo a uma pessoa histórica; uma figura que eu acreditava conhecer intimamente por ter lido algumas coisas sobre sua pessoa. Uau! Eu sabia sobre ele, mas eu não o conhecia. Ele está vivo! Ele é um ser vivo que se comunica conosco e se preocupa com a gente.


Andar com Jesus é uma aventura! Ele é vida e não só a vida da igreja, ele é toda a vida! Comecei a perceber que eu estava vivendo uma religião do Antigo Testamento ao invés de um relacionamento do Novo Testamento!


3. Medo! O medo nos impede de conhecer a Deus.


O terror nos impede de ouvir os outros e crescer em nosso relacionamento com Ele. Eu temia estar errado. O que aconteceria se o que eu acreditava não fosse verdade? Eu tinha que estar certo! Esse tipo de pensamento impedirá que você cresça.


Deixe-me dizer algo muito importante. NINGUÉM ESTÁ TOTALMENTE CERTO! Se alguém fosse infalível em seu conhecimento, este ser seria Deus.


É aí que entra o amor de Deus. Ele nos ama mesmo quando estamos errados!

Mesmo quando eu pensava que estava certo e que todos os outros estavam errados, Deus me amava. 


Agora eu apenas busco conhecê-Lo. Procuro conhecê-Lo hoje e amanhã; sempre procurarei conhecê-Lo mais. Eu abrirei meu coração para ouvi-lo e também ouvirei os outros. Buscarei a Sua Palavra para conhece-Lo e não irei me atentar a letra da lei. Pedirei ao Espírito Santo que deixe a Mente de Cristo fluir com Suas revelações dentro de mim e o coração que Ele me deu para poder receber um novo vinho, uma nova revelação sobre Jesus e só assim poderá refletir sobre o mundo ao meu redor.


Então, aqui estão três das minhas razões pelas quais, há anos, eu realmente não conhecia o meu Criador. Embora eu estivesse perguntando, buscando e batendo a porta, minha religião era difícil. 


Estou tão agradecido que hoje estou livre e sei que Deus me ama. Ele também o ama. Deus o abençoe enquanto procura conhecê-lo!

Nenhum comentário: